O site que preza pela excelência e o compromisso com a Ética
Carregando data...
  1. Priscila Martins fale um pouco da sua origens, família e pais. Tem alguém como exemplo de vida?  

Olha eu vim de uma origem a uma vivencia muito sólida em família. Me recordo dos ensinamentos do meu pai que sempre foi um exemplo de empreendedorismo e de modelo de vida. Minha mãe sempre me traz o lado da presença de Deus em nossas vidas. Ambos são exemplos de um encontro perfeito. Me sinto agradecida e tenho eles como minha maior referência.

  1. Priscila Martins, poderia falar um pouco sobre sua formação? Foi boa aluna? Gostava de estudar?

 

O estudo sempre foi muito natural na minha vida: Cresci em um ambiente onde a Educação era nosso ganha pão (rs). Algo em mim sempre me fazia olhar além do estudo, além da matéria em si. Sempre estudei bastante e a experiência em estudar no Havai foi realmente algo que me marcou muito .

  1. Priscila Martins, como tudo começou sua história de empreendedorismo? Em qual data e cidade? Quais foram as principais dificuldades no início da empresa e como fez para vencer tais obstáculos?  

Como disse acima, sempre tive um olhar empreendedor, mas a partir da minha necessidade no Havai de usar os óleos essenciais eu senti que meu empreendedorismo era uma missão: aqueles líquidos solucionaram tantos problemas de um modo natural que eu me senti responsável em leva-los para o maior número de pessoas.

Acredito que os primeiros momentos da Aloha traziam desafios mais dentro do ambiente de aprender um novo mercado, do que propriamente o dia a dia de negócios. Como estávamos em família tudo era muito sólido para mim.

  1. Pensou na dimensão da Aloha chegaria em nível Brasil ? A tecnologia ajudou na expansão e controle da empresa para vários lugares do Brasil?

Sem dúvida. Eu tinha como missão levar esta cultura dos óleos essenciais para o Brasil e para o MUNDO! Ainda iremos muito longe! Minha gestão é marcada por tecnologia: Whatsapp, Zoom, calls.. a tecnologia é totalmente presente em minha gestão e levo isso para minha equipe: se tenho um assunto que tenho que ter foco já crio um grupo e vou acompanhando.

  1. O propósito da Aloha através do marketing de relacionamento é fazer vários milionários no Brasil? Levar renda extra e qualidade de vida para as pessoas? A Aloha é a empesa de gente para gente?

Existe algo e que eu falo sempre no escritório que é sobre a nossa missão e nossa essência. Cada dia mais eu sinto que como empresa sabemos onde queremos chegar. Muito além do aspecto financeiro eu e meu time estamos focados em 3 palavras chaves: levar: SAÙDE, PROSPERIDADE (em todos os âmbitos ) e FELICIDADE. .

  1. Como se vê como pessoa? Quais suas características pessoais mais importantes para sua empresa?

Clareza. Em tudo eu busco na relação corporativa trazer clareza no que eu quero como caminho. Clareza de entendimento do que a holding e meu pai ( Carlos Wizard ) esperam e levar isso para a equipe de um modo transparente. Transparência também é algo que me é importante. Liderança não linear também é algo que trouxe do Havai e utilizo muito: todos tem voz e podem colaborar com ideias para o melhor da Aloha.

  1. como vê o capital intelectual das pessoas em sua empresa? A busca por conhecimento é importante na visão de Priscila Martins?

Como dito acima eu tenho uma liderança linear, portanto o capital intelectual do meu time é decisivo para o bom andamento dos negócios. Não são funcionários, são parceiros. A colaboração do MIX de ideias é fundamental para eu ter uma visão mais ampla do negócio então eu uso este mix de inteligências em benefício de toda corporação.

 

Ademais, caro leitor, a entrevista completa com a empresária e empreendedora Priscila Martins, estará em breve no livro: “O poder da mente milionária”!!! Aguarde o lançamento do livro.

 

Sobre o autor

Sérgio Bento De Sepúlvida Júnior

Sérgio Bento De Sepúlvida Júnior

Sócio Administrador e Escritor

Para falar com o autor, utilize a página Contato.

Compartilhe nas redes sociais

Comentários